U1971

AGRICULTURA 1885

INDICE

PAGS.

Secretaria de Estado

1

Agricultura

2

Engenhos centraes

3

Imperial Instituto Fluminense de Agricultura

6

Jardim Botanico

7

Asylo Agricola

7

Imperial Instituto Bahiano de Agricultura

8

Escola Agricola de S. Bento de Lages

8

Imperial Instituto Sergipano de Agricultura

8

Sociedade Auxiliadora da Industria Nacional

8

Colonia Blaziana

9

Colonia orphanologica Christina

9

Colonia orphanologica Isabel

10

Imperial Escola de medicina veterinaria e de agricultura pratica

11

Estabelecimento rural de S. Pedro de Alcantara

12

Plantas e sementes

13

Jardim da Praça da Acclamação

13

Passeio Publico

14

Flora Braziliensis

14

Exposições agricolo-industriaes

15

Inspectoria Geral das Terras e Colonisação

16

Sociedade Colonisadora de 1849 em Hamburgo

17

Immigração

18

Estado servil

24

Catechese

37

Museu Nacional

46

Privilegios de invenção

47

Industria

56
  Mineração 56
  Gomma elastica 61
  Matte 62
  Gomma araxina 62
  Deposito de phosphato de cal do archipelago de Fernando de Noronha e outros$#
$63
IV
PAGS.

Fabrica de Ferro de Ipanema

64

Commercio

67

Marcas de fabricas e de commercio

70

Companhias anonymas

71
  Navegação subvencionada 74
  Companhia Brazileira de navegação a vapor 74
  Companhia Maranhense 75
  Companhia Pernambucana 75
  Companhia Bahiana 77
  Companhia The Amazon Steam Navegation 77
  Companhia Espirito Santo e Carrvellas 78
  Companhia Nacional de navegação a vapor 79
  United States and Brazil Mail Steamship Company 79
  Empreza de navegação a vapor nas lagôas Mangoaba e Norte, na provincia
das Alagôas 80
  Companhia de navegação a vapor no rio Parnahyba 81
  Linha Fluvial de Itapemirim 81

Correio

82

Telegrapho

84

Linhas telephonicas

106

Obras Publicas no Rio de Janeiro

106

Novo abastecimento d'agua

121

Illuminação:

  Illuminação por gaz corrente 130
  Illuminação por gaz-globo 132

Rio de Janeiro City Improvements Company

133

Extincção de incendios

135

Arrasamento de morros:

  Castello e Santo Antonio 139
  Senado 140

Obras Publicas Geraes nas provincias

141

Açudes do Quixada

144

Melhoramento de portos:

  Maranhão 145
  Fortaleza (Ceará) 147
  Pernambuco 148
  Santos (S. Paulo) 149
  Rio Grande do Sul 149

Melhoramento definitivo da barra do Rio Grande

168

Melhoramento de rios:

  Maranhão 173
  Rio S. Francisco (Pernambuco) 175
  Mogy-guassú (S. Paulo) 181
V
PAGS.

Estradas de rodagem:

  União e Industria 188
  D. Francisca 189

Commissão na Europa

190

Viação ferrea

192

Estradas de ferro do Estado:

  Madeira a Mamoré 199
  Baturité 200
  Camocim e Sobral 207
  Palmares a S. Francisco e Recife a Caruarú 214
  Paulo Affonso 219
  Alagoinhas a Joaseiro 220
  D. Pedro II 227
  Prolongamento da D. Pedro II 242
  Ramal de Ouro Preto 247
  Rio d'Ouro 249
  Taquary a Cacequi 255

Estrada de ferro de Cantagallo, de propriedade da provincia do Rio de

Janeiro 262

Estradas de ferro, com garantia de juros ou subvenção kilometrica:

  Natal a Nova Cruz 265
  Conde d'Eu 267
  Recife a S. Francisco 270
  Recife ao Limoeiro 274
  Maceió á Imperatriz 277
  Bahia a Alagoinhas 280
  Central da Bahia 285
  Victoria á Natividade 294
  Cachoeiro ao Alegre 295
  Campos a Carangola 295
  Santa Isabel do Rio Preto 298
  Rezende a Areias 300
  S. Paulo e Rio de Janeiro 301
  Santos a Jundiahy 305
  Ituana 308
  Mogyana 311
  Bragantina 318
  Sorocabana 318
  Paranaguá a Coritiba 320
  D. Thereza Christina 322
  Rio Grande a Bagé 324
  Cacequy a Uruguayana 326
  Quarahim a Itaquy 328
  Bagé a Cacequy 330
  Minas e Rio 331
  Leopoldina 332
VI
PAGS.

Estradas não subvencionadas:

  Recife a Caxangá 334
  Recife a Olinda e Beberibe 335
  Macahé e Campos 336
  Barão de Araruama 341
  Principe do Gram Pará 342
  Campos a S. Sebastião 344
  S. Fidelis 345
  Rio das Flores 345
  União Valenciana 346
  Sant'Anna 348
  Piedade a Theresopolis 349
  Cosme Velho ao Corcovado 350
  Rio de Janeiro a Magé 351
  Paulista 354
  Rio Claro 356

Carris:

  Ferro-carril Parahybuna e Porto das Flores 358

Carris urbanos e suburbanos

359

Elevador de Paula Mattos

362

Despeza geral:

  Demonstração do estado das verbas do exercicio de 1885-1886, até 30 de
Abril de 1886 363
  Demonstração do estado dos creditos especiaes concedidos para serviços
extraordinarios no exercicio de 1885-1886 364

Conclusão

364

RELAÇÃO

DOS

ANNEXOS QUE ACOMPANHAM O PRESENTE RELATORIO

A

Relatorio do engenheiro fiscal dos engenhos centraes situados no 1o

districto.

B

Relatorio idem, idem do 2o districto.

C

Relatorio idem, idem do 3o districto.

D

Relatorio do fazendeiro Henrique José Dias sobre cultura de quineiras.

E

Relatorio do director do Jardim Botanico da Lagôa de Rodrigo de Freitas.

F

Relatorio do director da Escola agricola de S. Bento de Lages, na provincia

da Bahia.
2

G

Relatorio do director da Colonia orphanologica Isabel, na provincia de

Pernambuco.

H

Relatorio do delegado do governo, junto á Exposição Universal de

Antuerpia.

I

Relatorio da Inspectoria Geral das Terras e Colonisação.

J

Relatorio do Inspector especial das Terras e Colonisação na provincia de

Santa Catharina.

K

Relatorio do Inspector especial das Terras e Colonisação na provincia do

Espirito Santo.

L

Relatorio do Ajudante da Inspectoria Geral das Terras e Colonisação em

desempenho de commissão ás ex-colonias da provincia do Rio Grande do Sul.

L2o

Relatorio do engenheiro Joaquim Rodrigues Antunes, sobre o exame feito nos

nucleos coloniaes da provincia de S. Paulo. - Não se fez delle menção no
relatorio, por haver chegado depois de impresso o relatorio.

M

Officio da presidencia da provincia do Paraná, acompanhado de mappa

estatistico dos nucleos coloniaes do municipio de Morretes, na mesma provincia.

N

Regulamento n. 9517 de 14 de novembro de 1885 para execução da Lei n. 3270

de 28 de setembro de 1885.
3

O

Relatorio do director geral do Museu Nacional.

P

Relatorio do director da Fabrica de Ferro de Ipanema.

Q

Relatorio do director geral do Correio.

R

Relatorio do director geral da Repartição dos Telegraphos.

S

Relatorio da Inspectoria Geral das Obras Publicas da Côrte.

T

Relatorio do director do Corpo de Bombeiros.

U

Relatorio do engenheiro Aarão Leal de Carvalho Reis, sobre inspecção das

obras do açude em Quixadá.

V

Refutação do engenheiro J. J. Révy, encarregado da construcção de

açudes na provincia do Ceará, ao relatorio apresentado pelo engenheiro Aarão
Reis.

X

Relatorio do engenheiro encarregado das obras de melhoramento do porto de

Pernambuco.

Y

Relatorio do engenheiro holandez Caland, sobre exame dos estudos feitos para

melhoramento definitivo da barra do Rio Grande do Sul.
4

Z

Relatorio do engenheiro encarregado das obras de desobstrucção do rio S.

Francisco, provincia de Pernambuco.

AA

Relatorio do engenheiro fiscal da conservação da estrada de rodagem União

e Industria.

AB

Relatorio do engenheiro encarregado da construcção da estrada de rodagem

D. Francisca na provincia de Santa Catharina.

AC

Relatorio do engenheiro-director da estrada de Baturité, provincia do

Ceará.

AD

Relatorio do engenheiro-director da estrada de ferro de Camocim a Sobral,

provincia do Ceará.

AE

Relatorio do engenheiro-director das estradas de ferro de Palmares a S.

Francisco e do Recife a Caruarú, provincia de Pernambuco.

AF

Relatorio do engenheiro-director da estrada de ferro de Alagoinhas a

Joazeiro, provincia da Bahia.

AG

Relatorio do director da Estrada de Ferro D. Pedro II.

AH

Relatorio do engenheiro-chefe do prolongamento da Estrada de Ferro D. Pedro

II.

AI

Relatorio do engenheiro-director da estrada de ferro de Taquary a Cacequi.