U1950

AGRICULTURA 1865

INDICE

DOS

ARTIGOS E MATERIAS CONTIDAS NESTE RELATORIO.

Pag.

Introducção

5

Conselho de Estado

5

Secretaria de Estado

6

Agricultura

7

Melhoramento das raças de animaes uteis

21

Institutos agricolas

21

Jardim Botanico do Passeio Publico

27

Commissão Agassiz

27

Colonisação

29

Colonias

32
  Blumenau 33
  Itajahy 33
  Theresopolis 34
  Santa Isabel e Vargem Grande 34
  D. Francisca 34
  Angelina 34
  Assunguy 35
  Cananéa 35
  Mucury 35
  Ribeirão das Lages 35
  D. Pedro II 36
  Rio Novo 36

Emigração

37

Terras publicas

46
  Parahyba do Norte 48
  Bahia 48
  Espirito Santo 48
  Minas Geraes 49
  Rio de Janeiro 49
  S. Paulo 49
2
Pag.
  Paraná 50
  Santa Catharina 50

Catechese e civilisação

51
  Amazonas 52
  Pará 53
  Minas Geraes 54
  S. Paulo 54
  Paraná 54
  S. Pedro 55

Industria extractiva:

  Colheita da borracha 55
  Mineração 56

Privilegios industriaes

59

Exposição dos productos da industria nacional

60

Sociedade Auxiliadora da Industria Nacional

63

Obras Publicas:

  Corpo de Engenheiros Civis 63
  Estradas de Ferro 64
  D. Pedro II 66
  Recife 71
  Bahia 75
  S. Paulo 79
  Cantagallo 86
  Mauá 87
  Rio Grande á Escada 88
  Paraguassú 88
  Bagé 89

Estradas de rodagem:

  União e Industria 89

Obras publicas, geraes e provinciaes auxiliadas pelo thesouro publico:

  § 1.o Estradas:
  D. Pedro II 91
  Baturité 91
  Passa Vinte 92
  Avanhandava 93
  Pipiri-guassú 93
  Graciosa 94

Obras da montanha da Bahia

96
  § 2.o Pontes:
  Sanhauá 96
  Ferro do Recife 97
  Antonina 97

Caes de Santos

98
  § 3.o Exploração de rios 98
  Araguaya e Tocantins 98
  Ivahy 100
  Paraná 101
  Ivinheima 101
3
Pag.
  Tibagy e Paranapanema 102
  Rio de S. Francisco 103
  Desobstrucção da cachoeira do alto Uruguay 104

Inspecção geral das Obras Publicas

104
  Companhia City Improvement 105
  Abastecimento d'agua potavel á cidade 106
  Calçamento do Cattete 107
  Estrada de Andarahy á Tijuca 108
  Estrada da Boa Vista da Tijuca ao Jardim Botanico 108
  Estrada de Botafogo 109

Illuminação da cidade

109
  Á azeite 110

Serviço dos incendios

110

Commercio

112
  Companhia anonymas 124

Systema metrico

126

Telegraphos

127
  Empreza Balestrini 129

Correio

129

Navegação subvencionada

133

Proprios Nacionaes

136

Orçamento:

  Exercicios de 1864 - 1865 137
  Exercicios de 1865 - 1866 137

Creditos

138

Conclusão

138

Annexo - A.

Indice chronologico das consultas da secção dos negocios do imperio do

conselho de estado:
  Commercio 1
  Terras publicas 1
  Colonisação 2
  Estradas de ferro 2
  Industria de transportes terrestres 3
  Mineração 3
  Diversas 3
  Commercio - Companhias Anonymas 3

Annexo - B.

Tabellas sobre a producção agricola:

  N. 1. - Quadro demonstrativo da aguardente de canna exportada pelo imperio
do Brasil desde 1839 - 40 a 1863 - 64.
  N. 2. - Quadro demonstrativo da quantidade de algodão exportado pelo
imperio do Brasil nos exercicios de 1834 - 35 a 1863 - 64.
  N. 3. - Quadro demonstrativo da quantidade de assucar exportado pelo imperio
do Brasil nos exercicios de 1834 - 35 a 1863 - 64.
4
  N. 4. - Quadro demonstrativo da quantidade de cacáo exportado do imperio do
Brasil nos exercicios de 1839 - 40 a 1863 - 64.
  N. 5. - Quadro demonstrativo das quantidades do café exportado pelo imperio
do Brasil nos exercicios de 1834 - 35 a 1863 - 64.
  N. 6. - Quadro demonstrativo dos couros exportados pelo imperio do Brasil
nos exercicios de 1839 - 40 a 1863 - 64.
  N. 7. - Quadro demonstrativo de fumo em folha e preparado, exportado pelo
imperio do Brasil nos exercicios de 1839 - 40 a 1863 - 64.
  N. 8. - Quadro demonstrativo da quantidade de gomma elastica exportada pelo
imperio do Brasil nos exercicios de 1839 - 40 a 1863 - 64.
  N. 9. - Quadro demonstrativo da quantidade de herva matte exportada pelo
imperio do Brasil nos exercicios de 1839 - 40 a 1863 - 64.

Annexo C - D.

Officio do Dr. Coutinho sobre o Amazonas:

  Officio do engenheiro J. M. da Silva Coutinho sobre o Uaraná e outros
productos da provincia do Amazonas.
  Exploração do Amazonas.
  Invasão do mar na foz Amazonas.

Annexo - D.

Relatorio sobre a colonia D. Francisca.

  Relatorio estatistico da colonia D. Francisca em 1865.
  Conta demonstrativa do emprego que tem tido os dinheiros fornecidos pelo
Governo Imperial á colonia D. Francisca no anno de 1865, segundo a condicção
20.a do contracto de 18 de Abril do mesmo anno.
  Especificação das despezas da administração da colonia D. Francisca.

Annexo E - F.

Pag.

Relatorio da Estrada de Ferro de D. Pedro II.

  Relatorio do Director 1
  Abertura do tunnel grande 1
  Construcção 1
  Estrada em trafego 2
  Estações 2
  Receita e despeza 3
  Officinas 4
  Locomotivas existentes 5
  Wagons 5
  Economia das officinas 5
  Ramal de Macacos 6
  Via provisoria 7
  Telegrapho 7
  Conservação 8
  Considerações geraes 9
5
  Appenso n. 1. - Balanço em 31 de dezembro de 1865.
  Appenso n. 1'. - Demonstração da conta lucros e perdas.
  Appenso n. 1''. - Demonstração da renda e despeza do trafego no 2.o
semestre de 1865.
  Appenso n. 1'''. - Contractos.
  Appenso n. 2. - Relatorio do Inspector do Trafego.
  Quadro n. 1. - Demora dos trens de viajantes.
  Quadro n. 2. - Producto, percurso e preço médio, dos viajantes por
classes.
  Quadro n. 3. - Movimento dos viajantes.
  Quadro n. 4. - Receita dos viajantes.
  Quadro n. 5. - Recapitulação do movimento e receitas.
  Appenso n. 3. - Relatorio do primeiro engenheiro.
  Appenso n. 4. - Mappa da totalidade do serviço feito nas 56 milhas da 3.a
Secção.
  Appenso n. 5. - Relação do pessoal.
  Appenso n. 6. - Demonstração da renda e despeza do trafego de Janeiro a
Março de 1866.
  Appenso n. 7. - Quadro demonstrativo da relação da despeza para a receita
do trafego, sem o ramal, desde 1858 até o 2.o semestre de 1865.
  Contracto celebrado entre o Governo Imperial e os proprietarios do ramal de
Macacos José Maria Gomes, Luiz Manoel Bastos e Francisco José de Carvalho.
  Contracto celebrado entre o Governo Imperial e a Companhia da Estrada de
Ferro de D. Pedro II, de conformidade com o decreto de 10 de Julho de 1865.
  Aviso de 28 de Setembro de 1865, nomeando interinamente o director da
Estrada de Ferro de D. Pedro II, acompanhando as instrucções provisorias para
a direcção e gerencia da mesma estrada.
  Decreto n.o 3,627 de 16 de Março de 1866, fixando o pessoal technico e
administrativo da Estrada de Ferro de D. Pedro II, e designando os vencimentos
que competem aos empregados.
  Decreto n.o 3,633 de 13 de Abril de 1866, alterando as condições que
baixaram com os decretos n.os 1,733 de 12 de Março de 1856, 2,142 de 10 de
Abril de 1858, e 2,616 de 28 de Julho de 1860.

Annexo - G.

Instrucções ao engenheiro Newton Bennaton sobre as explorações para o

prolongamento da Estrada de Ferro de S. Paulo.

Annexo - H.

Decreto de concessão de privilegio para a construcção de uma Estrada de

Ferro do Rio Grande á Escada.

Annexo - I.

Decreto de concessão de privilegio para a construcção da Estrada de Ferro

do Paraguassú.

Annexo - J.

Quadro da distribuição de credito no Ministerio da Agricultura.

6

Annexo - K.

Pag.

Apontamento relativo as explorações do Imperio:

  Apontamentos apresentados pelos engenheiros H. L. dos Santos Werneck e
Carlos Krauss 1
  Apontamentos relativos em regulamentos especiaes.
  A. - Dos trabalhos technicos do levantamento da carta topographica 3
  B. - Dos memoriaes que devem acompanhar os mappas 4
  C. - Considerações geraes 5

Annexo - L.

Relatorio da exploração da estrada do Pipiri-guassú.

  Relatorio das explorações feitas na estrada de Palmas para Corrientes e no
rio Ivahy da provincia do Paraná 1
  Importancia e utilidade da estrada de Corrientes. - Difficuldades que
apresenta sua abertura. - Meios de execução 8

Annexo - M.

Relatorio dos engenheiros Kellers sobre as explorações do rio Ivahy.

  Exploração do Ivahy 11
  A. - Descripção da viagem 11
  Para a colonia Thereza no rio Ivahy 11
  No Paraná, desde a barra do Ivahy até á do Paranapanema 15
  B. - Formação geologica, vegetação e clima do valle do Ivahy 16
  C. - Resultado da medição hydrographica 18
  D. - Meios de remover os obstaculos á navegação 21
  E. - Orçamento para a canalisação do rio Ivahy 22
  F. - Fundação de estações para a navegação, aldeiamentos e
estabelecimentos agricolas no valle do Ivahy 22
  G. - Calculo dos fretes para a navegação do rio depois de canalisado 23
  a). - Para a navegação á sirga sem emprego de vapor 23
  b). - Para a navegação á vapor de sirga ou corrente 24
  H. - Communicação por terra entre Antonina e a colonia Thereza 25

Annexo - N.

Relatorio dos engenheiros Kellers sobre as explorações dos rios Tibagy e

Paranapanema.
  Exploração ou rios Tabagy e Paranapanema 1
  A. - Discripção de viagem nos rios Paranapanema e Tibagy 4
  B. - Formação geologica nos valles dos rios Paraná, Paranapanema e
Tibagy 10
  Qualidade de seu solo e clima 10
  C. - Resultado da medição hydrographica do Paranapanema e Tibagy 11
  D. - Meios de remover os obstaculos, canalisando os rios entre o Jatahy e a
Serra do Diabo 13
  E. - Construcção de uma via de communicação entre o porto de Antonina e
a provincia de Matto-Grosso 15
7
Pag.
  F. - Escolha de lugares para a fundação de novas colonias 16
  G. - Dimensões, força, peso e orçamento de um vapor á sirga ou corrente
mergulhada, apropriado á navegação do Tibagy e do Paranapanema, entre o
Jatahy e a Serra do Diabo 17
  I. - Dimensões, força e peso 17
  II. - Orçamento 18
  H. - Calculos de frete 19
  a) de vapores de cadéa ou corrente mergulhada 19
  b) de barcos á sirga, sem o auxilio do vapor 20
  c) de carros entre Jatahy e Ponta Grossa 21
  I. - Preferencia entre os dous projectos de vias de communicação desde
Antonina até a provincia de Matto Grosso, pelo valle do Ivahy, ou pelos do
Tibagy e Paranapanema 22
  ad. 1.o - Comprimento das duas linhas 22
  a). - Pelo valle do Ivahy 22
  b). - Pelos valles do Tibagy e do Paranapanema 22
  ad. 2.o - Despeza de construcção 23
  ad. 3.o - Confrontação dos fretes 23
  ad. 4.o - Climas e qualidades do terreno 24
  ad. 5.o - Numero e importancia das povoações 24
  Quadro da medição hydrographica do rio Tibagy, da colonia militar do
Jatahy para cima.
  Quadro do orçamento aproximativo para a canalisação dos rios Tibagy e
Paranapanema entre a colonia militar do Jatahy e o Paraná, por meio de canaes
abertos nas corredeiras, principiando na barra do Paranapanema e seguindo rio
acima, conforme o progresso diario da medição.

Annexo - N n.

  1.o Apontamentos do engenheiro W. Chandles, sobre o rio Aquiry.
  2.o Estudos sobre o porto de Cananéa pelo engenheiro Julio Grothe.

Annexo - O.

Relatorio da inspecção geral das obras publicas.

  Relatorio do inspector 1
  Inspecção geral 1
  Abastecimento d'agua 3
  Dominação do pessoal em alguns ramos do serviço 6
  Regulador (Water-metre) 9
  Sala de desenho 10
  Abegoaria 10
  Carpintaria 11
  Escravos 12
  Resultados economicos 12
  Relatorio do 1o Districto 15
  Volantes 15
  Quadro das obras executadas cada mez 17
8
Pag.
  Detalhe das obras de reparação de chafarizes e outras diversas 19
  Detalhes do serviço executado pelos volantes 20
  Abegoaria 22
  Serviço das aguas 23
  Limpeza de vallas 24
  Escravos da nação 24
  Obras executadas administrativamente 24
  Obras executadas por empreitadas 26
  Relatorio do 2o Districto 29
  Obras concluidas 29
  Obras de empreitada 31
  Obras em andamento 31
  Serviços diversos 32
  Estradas 34
  Relatorio do 3o Districto 35
  Reparação dos estragos causados no encanamento velho de Maracanã pela
chuva do dia 10 de Outubro de 1864, e conservação do mesmo encanamento 35
  Obras em execução no lugar das caixas d'gua da Serra da Tijuca 36
  Reparação do proprio nacional da serra da Tijuca onde se acha estabelecido
o posto policial 36
  Reparação dos estragos causados pela chuva de pedra do dia 10 de Outubro
de 1864 em differentes predios nacionaes do 3.o Districto 37
  Encanamento das aguas do alto da Boa Vista na Tijuca, concedidas ao Governo
Imperial pela companhia de carris de ferro da Tijuca 38
  Forja do 3.o Districto 38
  Grupos de volantes 38
  Levantamento da planta do districto 39
  Trabalhos florestaes na Tijuca 39
  Caixas d'aguas, chafarizes, encanamentos, mattas coutadas e torneiras
publicas 39
  Estrada de rodagem que do alto da Boa Vista, na Tijuca, segue para a lagôa
de Rodrigo de Freitas 40
  Obras concluidas 40
  Mappa demonstrativo da despeza feita com cada uma das obras do 3.o
Districto, e com as differentes caixas d'agua chafarizes, etc. de 1.o de
Janeiro a 31 de Outubro de 1865 41
  Mappa demonstrativo das arvores plantadas na floresta da Tijuca desde 1.o de
Janeiro até 31 de Outubro de 1865 43
  Relatorio do 4.o Districto 45
  Encanamento das Laranjeiras 45
  Conservação dos caminhos inferiores e superiores do aqueducto 45
  Encanamento de manilhas da rua de S. Alfredo 46
  Concertos em geral do aqueducto da Carioca 46
  Obras no lugar das caixas da Carioca 46
  Encanamento na Lagoinha 47
  Encanamento do Silvertre 47
  Muralhas de segurança do aqueducto da Carioca 47
9
Pag.
  Differentes obras nas Paineiras 47
  Encanamento de tres mananciaes 48
  Forja do districto 48
  Encanamento de manilhas para aproveitar as sobras da Bica da Rainha 48
  Calçamento da rua Mauá 48
  Calçamento da rua dos Junquilhos 48
  Grupo de volantes 48
  Guarda de encanamentos, caixas, etc 49
  Floresta das Paineiras 49
  Levantamento de planta 49
  Reservatorio de Santa Thereza 49
  Observações geraes 49
  Relatorio do 5.o Districto 51
  Concertos de diversas obras 51
  Guardas das caixas e chafarizes 51
  Substituição de tubos de ferro do encanamento do rio Cabeça desde as
caixas até a praia de Botafogo 51
  Reparo da estação telegraphica do morro da Babilonia 52
  Levantamento de plantas 52
  Conservação de ruas e estradas 52
  Observação 52

Annexo - P.

Memoria do Dr. Antonio Maria de Oliveira Bulhões sobre as aguas potaveis do

Rio de Janeiro e abastecimento dellas a cidade.
  Consideração sobre o abastecimento d'aguas da cidade do Rio de Janeiro 1
  Dos mananciaes aproveitados 5
  Das obras executadas para recepção e conducção das aguas 6
  Da conducção das aguas aproveitadas 7
  Bases principaes para a elaboração do projecto do abastecimento d'aguas a
cidade do Rio de Janeiro 8
  Demarcação da zona que deve pertencer ao Estado 9
  Do modo de recolher as aguas 11
  Das alturas de recolhimento das aguas, e dos reservatorios de
distribuição 11
  Dos encanamentos em geral 12
  Distribuição por domicilio 13
  Da irrigação das ruas e praças 13
  Mappa n. 1. - Quadro demonstrativo da quantidade d'agua fornecida pelos
mananciaes em que existem trabalhos executados para o seu aproveitamento.
  Mappa n. 2. - Quadro demonstrativo dos mananciaes que devem ser aproveitados
para o abastecimento das aguas.
  Mappa n. 3. - Do volume das aguas que fornecem os mananciaes.
  Mappa n. 4. - Quadro demonstrativo do movimento das aguas dos mananciaes
aproveitados desde as suas origens, até final distribuição na cidade.
10

Annexo - Q.

Contracto para o calçamento do Cattete.

Annexo - R.

Mappas commerciaes:

  N. 1. - Quadro demonstrativo dos valores officiaes das importações e
exportações do imperio do Brasil, nos exercicios de 1834 - 35 a 1863 - 64.
  N. 2. - Estatistica do commercio de longo curso e de cabotagem do imperio do
Brasil, conforme os valores officiaes e por provinciaes, nos exercicios de 1854
- 55 e 1863 - 64.
  N. 3. - Mappa demonstrativo do commercio de importação do imperio do
Brasil, nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, por provincias e conforme os
valores officiaes.
  N. 4. - Mappa demonstrativo do commercio de exportação do imperio do
Brasil, nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, por provincias e conforme os
valores officiaes.
  N. 5. - Demonstração do valor official da importação e exportação de
cabotagem das diversas provincias do imperio do Brasil, nos exercicios de 1854
- 55 e 1863 - 64.
  N. 6. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso do imperio do
Brasil, nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64 com designação da
nacionalidade dos navios.
  N. 7. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso da provincia do
Rio de Janeiro, nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, com designação da
nacionalidade dos navios.
  N. 8. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso da provincia de
Pernambuco, nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64 com designação da
nacionalidade dos navios.
  N. 9. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso da provincia da
Bahia, nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, com designação da
nacionalidade dos navios.
  N. 10. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso da provincia do
Rio-Grande do Sul nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64 com designação da
nacionalidade dos navios.
  N. 11. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso da provincia do
Pará nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64 com designação da nacionalidade
dos navios.
  N. 12. - Mappa demonstrativo da navegação do longo curso da provincia do
Maranhão nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64 com designação da
nacionalidade dos navios.
  N. 13. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso da provincia de
S. Paulo nos exercicios 1854 - 55 e 1863 - 64 com designação da nacionalidade
dos navios.
  N. 14. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso da provincia das
Alagôas nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, com designação da
nacionalidade dos navios.
  N. 15. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso da provincia da
Parahyba nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, com designação da
nacionalidade dos navios.
  N. 16. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso da provincia do
Ceará nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, com designação da
nacionalidade dos navios.
  N. 17. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso da provincia de
Sergipe nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, com designação da
nacionalidade dos navios.
  N. 18. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso da provincia do
Paraná nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, com designação da
nacionalidade dos navios.
  N. 19. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso da provincia de
Santa Catharina nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 1864, com designação da
nacionalidade dos navios.
  N. 20. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso da provincia do
Rio-Grande do Norte nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64 com designação da
nacionalidade dos navios.
11
  N. 21. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso da provincia do
Piauhy nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64 com designação da
nacionalidade dos navios.
  N. 22. - Mappa demonstrativo da navegação de longo curso da provincia de
Matto-Grosso nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64 com designação da
nacionalidade dos navios.
  N. 23. - Mappa demonstrativo da navegação de cabotagem do imperio do
Brasil nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64 com designação das provincias.
  N. 24. - Mappa demonstrativo da navegação de cabotagem da provincia do Rio
de Janeiro nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64 com designação das
provincias da procedencia.
  N. 25. - Mappa demonstrativo da navegação de cabotagem da provincia de
Pernambuco nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, com designação das
provincias da procedencia.
  N. 26. - Mappa demonstrativo da navegação de cabotagem da provincia da
Bahia nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, com designação das provincias
da procedencia.
  N. 27. - Mappa demonstrativo da navegação de cabotagem da provincia do Rio
Grande do Sul nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, com designação das
provincias da procedencia.
  N. 28. - Mappa demonstrativo da navegação de cabotagem da provincia do
Maranhão nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, com designação das
provincias da procedencia.
  N. 29. - Mappa demonstrativo da navegação de cabotagem da provincia do
Pará nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, com designação das provincias
da procedencia.
  N. 30. - Mappa demonstrativo da navegação de cabotagem da provincia de S.
Paulo nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, com designação das provincias
da procedencia.
  N. 31. - Mappa demonstrativo da navegação de cabotagem da provincia das
Alagôas nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, com designação das
provincias da procedencia.
  N. 32. - Mappa demonstrativo da navegação de cabotagem das provincias da
Parahyba e Ceará nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, com designação das
provincias da procedencia.
  N. 33. - Mappa demonstrativo da navegação de cabotagem das provincias de
Sergipe e Paraná nos exercicios de 1854 - 55 a 1863 - 64 com a designação
das provincias da procedencia.
  N. 34. - Mappa demonstrativo da navegação de cabotagem das provincias de
Santa Catharina e Espirito-Santo, nos exercicios de 1854 - 55 a 1863 - 64 com
designação das provincias da procedencia.
  N. 35. - Mappa demonstrativo da navegação de cabotagem, das provincias do
Rio Grande do Norte e Piauhy nos exercicios de 1854 - 55 a 1863 - 64 com
designação das provincias da procedencia.
  N. 36. - Estatistica da navegação por vapor do imperio do Brasil no fim de
1865 com distincção, a de cabotagem da interna e fluvial.
  N. 37. - Mappa demonstrativo da navegação nacional a vapor empregada na
cabotagem do imperio do Brasil, no exercicio de 1863 - 64, pertencente á
provincia do Rio de Janeiro.
  N. 38. - Mappa demonstrativo dos vapores da bahia de Nitheroy no exercicio
de 1863 - 64.
12
  N. 39. - Mappa demonstrativo da navegação por vapores de cabotagem da
provincia de Pernambuco no exercicio de 1863 - 64.
  N. 40. - Mappa demonstrativo da navegação costeira e fluvial por vapor da
provincia da Bahia no exercicio de 1863 - 64.
  N. 41. - Mappa demonstrativo da navegação interna e fluvial por vapor da
provincia do Rio Grande do Sul no exercicio de 1863 - 64.
  N. 42. - Mappa demonstrativo da navegação costeira e fluvial por vapor da
provincia do Maranhão no exercicio de 1863 - 64.
  N. 43. - Mappa demonstrativo da navegação fluvial por vapores das
provincias do Pará, Amazonas e Piauhy no exercicio de 1863 - 64.
  N. 44. - Mappa da navegação interna e fluvial do imperio do Brasil nos
exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64 comprehendendo barcos regulares, lanchas,
saveiros e canôas.
  N. 45. - Estatistica das sociedades anonymas approvadas desde 1842 até 1864
pelo Governo Imperial para a côrte e provincias.
  N. 46. - Quadro demonstrativo de todos os estabelecimentos bancarios
existentes no Brasil em fins de 1864, que tem approvação do poder competente.
  N. 47. - Estatistica das fallencias e concordatas havidas por occasião da
crise commercial do Rio de Janeiro de 10 de Setembro de 1864 com a
demonstração das perdas provaveis.
  N. 48. - Estatistica das casas commerciaes, fabricas e officinas existentes
no imperio do Brasil nos exercicios de 1854 - 55 e 1863 - 64, distinguindo-se
as nacionaes das estrangeiras por provincias.

Annexo - S.

Pag.

Relatorio sobre os telegraphos.

  Relatorio da repartição geral dos telegraphos 1
  Estado actual das linhas 1
  Serviço do mar 2
  Custeio das linhas 2
  Taxas 3
  Movimento de telegrammas 3
  Officina 4
  Aula de telegraphia 4
  Desastres 5
  Obras e concertos 5
  Renovação das linhas 6
  Linha do norte 7
  Augmento de despeza permanente com a linha do sul 7
  Serviço topographico 8
  Observatorio meteorologico 10
  Medidas legislativas 10
  Linha telegraphica do sul 10
  Vapor Telegrapho 19

Annexo - S s.

Tabellas sobre os correios.

  1.a Estatistica dos officios, cartas e outros papeis sellados, francos e de
porte, entrados e sahidos do correio da Côrte no anno de 1865.
13
  2.a Renda arrecadada pelas administrações de correio no exercicio de 1864
- 65.
  3.a Conta corrente entre os correios brasileiro e francez, pela
correspondencia conduzida pelos paquetes francezes durante o exercicio de 1864
- 65.
  4.a Despezas feitas pelas administrações de correio no exercicio de 1864 -
65.

Annexo T.

Contracto para a navegação por vapor entre o Rio de Janeiro e os

Estados-Unidos.

Annexo U.

Pag.

Quadro dos proprios nacionaes.

  Côrte 1
  Provincias 2

Annexo V.

Quadro das despezas do ministerio realisadas no exercicio de 1864 - 65.

Annexo X.

Quadro das despezas do ministerio realisadas no exercicio de 1865 - 66.

Annexo Y.

Decretos abrindo creditos para verbas differentes no exercicio de 1865 - 66.